<
Capit
ulo 10         
-Acabou?
-Não tente ser irônico,você não é.Gostou do poema?Eu achei frio...hein?Tragico né?Acabaram ambos mortos...
-Isso não me interessa.O que quer de mim?
- Está vendo esse relógio?É nele que eu conto os minutos pra fazer isso aqui virar cinzas.
-Não sei quem você é.Não sei o que quer de mim.Mas nada do que você planeja vai acontecer.
-Me chame de..."O Cara que você empurrou no tonel quimico!"É...ou melhor,me chame do que você acha que sou!
-Palhaço?
-Não.Um Coringa.Veja...(mostro á ele uma carta Curinga)
-O que você pretende?
-Você reparou que,a carta Curinga quando aparece em um jogo,ela muda tudo?Quando temos uma carta dessas tudo muda!A carta Curinga coloca um sorriso no rosto de uns,e desespero no rosto de quem pensou que tinha o jogo sobre controle.Essa carta é tão independente,ela não tem um naipe,ela não segue regras!Ninguém sabe o que vai acontecer quando cai uma carta dessas do outro lado.
-De que lado você esta?
-Do meu lado.Eu jogo sozinho.Eu não sigo regras,elas...tiram a emoção do jogo!Com as regras as emoções ficam pequenas.E eu não sou um cara de pequenas emoções.Sabe...aquela onda de  assaltos,incendios,sequestros,que ocorreu nas ultimas semanas?Eu,sim,eu disse "EU" estava liderando tudo.Fazia parte do meu jogo contra o tédio.E os baleados da faculdade na noite do tornado,também fui eu,mas foi por um motivo,que não te interessa.Tudo de ruim que aconteceu ultimamente,tem algo ligado á mim.hahaha...
-Arg!!!(furioso)
-Não rosne pra mim!Não tenho medo de você.Não tenho medo nem de mim,e olha que eu deveria ter!Hahaha...
-Você é louco.Pessoas inocentes morreram no seu joguinho.
-É,alguns inocentes.Se é que ainda existem pessoas inocentes nesse lugar!
-Você deve pagar por isso.Justiça.
-Cale a boca e escute,eles viram atrás de você.Eles sabem que você pode acabar com a classe deles.E você sabe que pode.Eles viram Batman,eles querem você morto,ou fora de NY.E eles também viram atrás de mim.Eu roubei eles.Mas como diziam,ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.
-Eles?
-Eles.Os Mobs.Os Mafiosos.
-Você é um deles!
-Não,não sou.Eu e a mafia tomamos caminhos diferentes.
-Porque esta me avisando de tudo isso?
-Porque eu não quero que eles...matem...você.Esta muito cedo pra você morrer.O jogo mal começou!hahaha...
-Eu não faço parte do seu jogo.
-Sim,você faz.
-Arg!!! (Batman lança joga uma mesa de leitura longe,e vem pra cima de mim)
-Não perca seu tempo comigo.Você só tem 5 minutos!
-5 minutos???
-Sim,instalei uma bomba aqui dentro.Seja rapido.
-O QUE???Uma bomba???
- Bye,Bye!Hasta la vista Batman!

Pego minha bolsa,e saio pacientemente pela porta da frente,deixo Batman desesperado tentando encontrar a Bomba que instalei em uma das partileiras de livros.Ele esta em pânico tentando salvar a cultura de NY.Hahahaha...
Pego o carro,e sigo em direção ao hotel onde estou hospedado.

************************************************************************************************************
Batman fica na biblioteca procurando a bomba,ele não consegue achar,e depois de mais algumas tentativas ele desiste, e sobe para o andar onde fica os equipamentos de filmagem de segurança.Batman pega todas as fitas de gravação,e consegue fugir segundos antes da explosão.Batman leva as fitas para um estudio onde são separadas as partes em que Coringa confessa todos os seus crimes.Em um descuido,copias dessas fitas são feitas por um dos funcionarios do estudio,e são entregadas á policia,e também á mídia local.
************************************************************************************************************

Acabo dormindo na estrada,e só chego no hotel oito horas da manhã.Subo até o quarto onde estamos hospedados,abro a porta e vejo Lauren sentada na cama.Quando ela me percebe,simplesmente corre e me abraça.Ela eesta apavorada,desesperada,não consigo entender o que esta acontecendo.
-Jack!!!Jack!!!Eles não te pegaram!!!Graças a Deus você voltou...
-Lauren,porque esta me abraçando???Me solta!Para com isso!
-Não solto,se eles tivessem te pegado eu talvez não te veria nunca mais!
-Eles quem???
-As autoridades...você não sabe ainda?
-Autoridades?Não sei do que você esta falando!
-Todas as autoridades estão atras de você Jack...a fita,conseguiram uma fita de você confessando tudo.Os jornais,a Tv,todos já sabem!!!Estão atrás de você Jack!!!
-Liga a televisão...

Lauren corre e liga a Tv,chego bem perto do visor,e vejo de cara uma reporter dando a noticiando.

"Hoje NY esta em pânico.O palhaço do crime esta a solta.Uma fita de video onde Coringa,o palhaço,confessa todos os seus crimes e crueldades acabou vazando,e parando nas mãos da policia e da midia local.A policia afirma que não sabe quem deixou essa fita na delegacia,pois a entrega ocorreu anonimamente.Até agora não tiveram pistas do paradeiro de Coringa.Mas as autoridades já estão bem adiantadas.Ninguém sai,ou entra em Ny sem passar por uma blitz montada na entrada e saida  da cidade nessa manha.O delegado afirma que em 24 horas esse criminoso estará preso.Na fita de video ele se responsabiliza por todos os sequestros,incendios e atrocidades que vinham ocorrendo na cidade(...)"

                                                                                 ***

Fico olhando Jack em pé,em frente da  TV,percebo que ele esta tremendo de ódio.Do nada ele começa á conversar com a televisão.

-Ora,ora Batman...você acha que conseguiu me segurar com isso?
-Jack,o Batman não aparece nas gravações.
-Claro que não,elas foram editadas.
-Jack,você tá tremendo.Desliga isso.Você tá ficando estranho.
-Eles não imaginam em que jogo se meteram.
-Jack...tá me ouvindo?

 Vejo ele limpando o suor da testa,parece nervoso.Mas sem explicação ele começa á rir feito louco.Ele tem uma crise inexplicavel de risos na frente da televisão.
-Hahahaha!!!Hahahahaha!!!Hahaha.......hahaha....hahaha....
-Jack?Você tá rindo?
-HAHAHAHA....hahaha...ha...(Ele para e fica sério e olhando fixamente pra tv)

Em alguns segundos Jack começa chutar a televisão...

-Ha!!!Ha!!!
-Para Jack!!!Você vai se machucar!!!
-Ha!!!

Ele parece descontrolado,chuta a televisão sem dó,tantando protege-lo puxo ele e abraço forte,seguro.Deixando ele sem reação.
-Para Jack!!!
-Me solta Lauren...sai!!!
-Não,eu não vou soltar.

 Começo á chorar com a cabeça em seu peito,agarro ele forte,sem dar espaço pra chutes,ou qualquer coisa que machuque ele.
Ele começa a se acalmar,foi apenas um ataque de furia.Ouço seu coração disparado,e depois lento.Ele parece ter voltado ao normal.Sinto sua respiração se acalmando.
-Jack..?Jura que nunca mais vai fazer isso?
-Eu já te disse que é pra ficar longe de mim.Não entre na frente quando eu estiver destruindo tudo.
-Eu prefiro me machucar do que ver você machucado.
-Isso não tem nexo.Porque se machucaria por alguém como eu.
-Porque eu te amo Jack.E mesmo que você me odeie,mesmo que me queira longe,eu só tenho você.
-Suas lagrimas tão molhando o meu terno.
-E as suas tão molhando o meu cabelo.
-Não são lagrimas é suor.
-Não importa Jack...não importa.

                                                                                              ****

Fico ali,pensando na atitude dela,o que faz alguém se por na minha frente pra me proteger de mim mesmo,correndo o risco de se machucar também.Penso em todos os gestos de carinho que eu não tive.Talvez esse tenha sido o unico em toda a minha vida.Nem minha mãe,se colocou na minha frente pra me salvar da faca do meu pai.É algo tão tosco,ser capaz de se machucar por alguém.Se afastar dela,mante-la longe de mim,é a unica forma de protege-la.Mas ela não entederia se soubesse disso.Prefiro que ela ache que sou assim,um estupido,que á odeia.

-Lauren,pode me soltar agora?
-Sim...desculpe por...te abraçar a força,eu sei que você não gosta de mim por perto,mas era o unico jeito de te deter.
-Não tem do que se desculpar.Apenas não faça isso de novo.Isso é tosco.Você,pegue todas as suas coisas,que eu vou pegar as minhas,e nos dois,eu e você,vamos tentar sair da cidade.Ao menos por uns dias,até tudo isso passar.
-Jack,por favor,não deixa eles pegarem você.
-Lauren,pega logos suas coisas.E leva tudo pro carro.Rapido!

Começa a correria,pegamos todas as nossas coisas,colocamos no carro,e pegamos á rodovia em rumo á cidade vizinha.Temos que  sair de NY o mais rapido possivel.
Pegamos á estrada,mas na saida da cidade,um bando de policiais rodoviários,trancam á rua.É uma blitz.Não tem saida.
-Jack,é a policia!
-Não tenha medo Lauren.
-Para o carro!Se agente ir até lá,eles vão te prender!
-Sem medo Lauren.Guarde aquela arma que eu te dei,se precisar use-a.
-Jack...você está se entregando?
-Eu já disse pra não ter medo.Vá até a minha casa,tem uma mala lá,pegue o dinheiro que tem dentro dela e compre tudo que precisar.Fique com a chave da minha casa.Tome.
-Jack para com isso...
-A cadeia não é tão ruim Lauren.Mas prometa,jure,que vai me visitar.
-Não tem outro jeito?
-Olhe pra frente,mais de 10 viaturas,você acha que tem outro jeito?
-Jack,porque tá se entregando?Você sempre tem uma carta na manga!Cade os explosivos?Cade as armas?Você parece sempre ter um plano!Porque agora você resolveu fazer isso..?
-Lauren...olha bem pra mim,você acha que eu tenho plano?(sorri)
-Perai,você sabia que a policia estaria fechando a saida da cidade.Você sabia Jack!Isso tudo faz parte de um plano?!
-...te vejo na visita.

Jack para o carro,e suspreendendo á tudo e a todos,ele sai do carro,e se entrega aos policiais.

-Hey,o que é aquilo ali?(Diz um dos policias)
-Olá,olá...não gastem sua munição,eu vim em paz!hahaha...
-É o palhaço!Coringa!Prendam ele!

 Vejo eles algemando o Jack,a imagem é forte,eles puxam ele pra dentro da viatura.Ele olha pra trás e sorri pra mim.
Ele parece estar á frente disso tudo,os policias levam ele,mas algo dele ficou comigo.Pego o carro,que só não foi levado por ser meu,e me dirijo para a casa de Jack.
Chegando na casa dele,abro a porta,e percebo tudo muito escuro,muito frio...

Ligo as luzes,e sento no sofá.E fico pensando,e se Jack não tem um plano,o que é que vai ser de mim sozinha nesse lugar.

Uma curiosidade estranha me bate,não tem quadros pela casa,nada que indique um passado de Jack.

Subo as escadas,e vou parar no quarto dele.A porta esta aberta,me bate um medo,mas eu entro.Olho a cama,os moveis,e tem uma gaveta do lado da cama.Não acho que seja justo eu mexer nas coisas dele,mas eu acabo abrindo a gaveta.
E encontro a foto de uma mulher com o rosto deformado.Eu quase caio de susto,enfio a foto na gaveta novamente.Continuo mexendo e encontro outra foto,e nessa foto,a mulher esta sorrindo,e o  rosto dela não esta retalhado,como na outra foto.
É impossivel não pensar: O Jack foi quem fez isso com ela???Quem é essa mulher???
Eu acabo me sentindo mal,e sento na cama.Eu preciso tirar isso á limpo.Mas como sempre,tudo é sombrio...



************************************************************************************************************